4 motivos para assistir… ”Silicon Valley”

Os personagens são ótimos
A trama gira em torno de Richard, um programador que trabalha no Vale do Silício, na Califórnia, e cria um aplicativo chamado ”Pied Piper” (”Flautista”, em português), que começa a fazer sucesso. Ele desenvolveu o aplicativo quando ainda trabalhava na gigante Hooli, e acaba saindo da empresa para abrir sua própria start up.

Junto com ele nessa empreitada estão os amigos Dinesh, um paquistanês que vive competindo com Gilfoyle, um programador ranzinza e satanista. Todos eles moram numa casa que dividem com Erlich, um investidor megalomaniaco que vendeu sua empresa, Aviato, alguns anos antes e ganhou uma bolada.
Também fazem parte da trama o certinho Jared; Big Head, amigo de Richard; Peter Gregory, que será muito importante na vida de Richard; Monica, a assistente de Peter e Gavin, o ”vilão” da trama e CEO da Hooli.

 

É muito melhor que ”The Big Bang Theory”!
Quando foi lançada, em 2014, a série foi logo comparada a ”TBBT”, porém, é muito melhor.
Embora as duas séries falem sobre tecnologia e sobre um grupo de amigos nerds, em ”Silicon Valley” as questões são mais próximas do público, como por exemplo, roubo de ideias e competitividade no meio empresarial – enquanto em ”TBBT” as tramas são muitas vezes focadas na falta de jeito dos personagens para lidar com mulheres ou situações do dia a dia.

 

As temporadas são dinâmicas e bem boladas
Cada uma das três temporadas lançadas até agora focam em alguns temas centrais: na primeira, Richard precisava se controlar para não surtar enquanto montava a equipe da start up e se via no meio de um jogo de interesses; na segunda, a empresa estava começando a tomar forma e um personagem importante morre, logo, todos precisam se adaptar ao novo cenário; e na terceira, que foi ao ar em 2016, Richard precisa entender, da pior forma possível, que a imprensa pode ser a maior inimiga de um investidor do Vale do Silício.

 

 T.J. Miller como Erlich Bachman
Embora Thomas Middleditch seja incrível como o nervoso Richard, o melhor do elenco é, de longe, T.J. Miller. Ator e comediante, já fez diversos stand ups, participou de programas de comédia como ”Chelsea Lately” e esteve no sucesso do cinema ”Deadpool”.
Erlich, seu personagem, é ácido e irônico, além de se importar demais com dinheiro – fazendo de tudo para conseguir se dar bem, custe o que custar. Suas tiradas são secas e ele vive bebendo e fumando maconha, na maior parte do tempo mais atrapalhando do que ajudando o desesperado Richard.

 

 

VAI LÁ:

”Silicon Valley”, série da HBO criada por John Altschuler, Mike Judge e Dave Krinsky
3 temporadas (2014, 2015, 2016) – 28 episódios
Episódios com +- 28 minutos cada

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, trabalha com redes sociais e produz conteúdo para web desde 2012. Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ''Coluna Clichê'' sobre os filmes que assiste no cinema e na TV.

  • Image