Brie Larson fala sobre a ”Capitã Marvel”

In this Wed., Sept. 30, 2015

Após divulgar as primeiras imagens de “Capitã Marvel“, a revista Entertainment Weekly publicou uma nova entrevista com a intérprete da heroína, Brie Larson (”O quarto de Jack”).
Nela, a atriz fala sobre as principais características da personagem, a protagonista Carol Danvers:

“Algo que anima muito nesse filme é que nada é suavizado. O que é engraçado, é engraçado; mas quando há algo mais emocional acontecendo, é algo real. Eu pude trazer um pouco dos elementos dramáticos de outros papéis para este, o que me orgulha muito.”

E é justamente a profundidade dramática do papel que Larson referencia sempre que possível, fazendo questão de deixar claro que o que torna Danvers – antiga pilota que deixa a Força Aérea dos Estados Unidos para se juntar a uma equipe de elite da espécie Kree – uma heroína diferente dos demais integrantes do Universo Cinematográfico da Marvel. Para a atriz, o fator diferencial são os defeitos de uma pessoa em constante guerra com si própria:

“Há essa parte Kree, que é fria, excelente lutadora e muito competitiva. Mas há também a parte humana, imperfeita, que é o que acaba sendo predominante. É o que a coloca em apuros, mas também o que faz dela um ser incrível. E o embate entre estes dois lados é o que a torna única. Só de ver uma personagem que diz o que pensa e não deixa que outros se ponham no caminho dela é extremamente empoderador.”

Ainda assim, aceitar o papel não foi fácil para a atriz. O primeiro contato da Marvel sobre o papel ocorreu alguns anos atrás, e a deixou simultaneamente intrigada e relutante: “Nunca me vi fazendo algo desse tamanho, muito porque gosto de ser anônima. Gosto de desaparecer nos papéis, e sempre senti que se eu ficasse muito em voga, isso poderia acabar me limitando no futuro“.

No entanto, uma vez que ela embarcou nessa aventura, a dedicação foi total. Para se preparar, Larson fez uma verdadeira imersão no universo da heroína, o que incluiu desde ler seus principais arcos nos quadrinhos – publicados desde 2012, quando Carol Danvers assumiu o manto de Capitã Marvel – até voar abordo de um caça F-16. Mas além dos esforços intelectuais e emocionais, o papel exigiu também muito esforço físico, já que trata-se da protagonista mais poderosa deste universo:

“Eu realmente pensei, quando me contrataram, que eu era a pior opção para um filme de ação. […] Agora estou o tempo todo brincando que vou participar das seletivas para as Olimpíadas de 2020 em judô. As pessoas já nem sabem mais se é sério ou brincadeira. Não é sério, obviamente. Mas meus próximos roteiros vão ter que ser melhores que as Olimpíadas. O parâmetro agora é esse, e é bem alto.”

O elenco do filme conta ainda com Jude Law (“Rei Arthur: A Lenda da Espada“), Samuel L. Jackson (“Dupla Explosiva”), Clark Gregg (da série “Agents of S.H.I.E.L.D”), Ben Mendelsohn (“Jogador Nº 1”), Ana Ayora (da série “Banshee”), Lashana Lynch (“Brotherhood”), Lee Pace e Djimon Hounsou (ambos de “Guardiões da Galáxia“). O roteiro é de Geneva Robertson-Dworet (“Tomb Rider: A Origem”), com a direção sendo da dupla Ryan Fleck e Anna Boden (“Parceiros de Jogo”).

 

via