Capitão América vai virar um herói negro nos quadrinhos da Marvel

captain-america-1966-00

A Marvel anunciou mais uma mudança drástica num de seus personagens mais emblemáticos. Depois de mudar o sexo de Thor, transformando-o numa mulher, a editora de quadrinhos agora vai alterar a raça do Capitão América, que passará a ser um homem negro. Ambas as mudanças ocorrerão nos quadrinhos, mas, a princípio, não afetarão os personagens nas telas, que continuarão sendo interpretados por Chris Hemsworth e Chris Evans em seus filmes, respectivamente.

Os responsáveis pela mudança do Capitão América são o roteirista e artista Rick Remender e o editor Tom Brevoort, ambos integrantes da equipe criativa envolvida no relançamento de vários dos mais populares heróis da Marvel.

A explicação para a mudança nos quadrinhos se deve ao fim dos efeitos da droga do supersoldado no corpo de Steve Rogers, o Capitão América original, que por conta disso passa por um processo de envelhecimento acelerado. Se não tivesse sido congelado nos anos 1940, Rogers teria agora cerca de 90 anos de idade, segundo a cronologia oficial da Marvel, mas sua aparência física não passará dos 65 anos na trama atual – ele vai continuar aparecendo como um assessor estratégico de seu sucessor, informou a Marvel.

Por conta disso, quem passará a usar o uniforme estrelado será ninguém menos que o Falcão, introduzido este ano nos cinemas, em “Capitão América 2: O Soldado Invernal”, na pele do ator Anthony Mackie.

O Falcão foi criado em 1969 justamente para refletir as mudanças sociais que sacudiam os EUA naquele período, como a luta pela igualdade racial. Foi ideia de Stan Lee juntar o Capitão América com um herói negro. Assim como é mérito do escritor e editor todo o conceito de “herói fora de época” que ajudou o Capitão América a se tornar o herói que melhor refletiu a crise moral dos EUA nos anos 1970.

Vale lembrar que foi durante a versão do escândalo Watergate da Marvel, no qual um vilão mascarado se revelava um político famoso, que Steve Rogers decidiu abandonar o uniforme do Capitão América pela primeira vez – decepcionado com o país.

Desde então, vários coadjuvantes já usaram o uniforme do herói, geralmente de forma provisória. O mais recente substituto tinha sido Buck Barnes, o Soldado Invernal, que foi Capitão América em 2009, durante o período em que se acreditava que Steve Rogers tinha sido assassinado. Como os ícones são imortais, ninguém duvida que essa fase de mudanças de identidade da Marvel seja exatamente isso: uma fase. E logo mais veremos os verdadeiros Thor e Capitão América assumindo seus lugares de direito com o mesmo rufar de tambores e participações em programas televisivos – a nova identidade do Capitão foi anunciada no talk show “The Colbert Report”.

Enquanto isso, o estúdio aproveita para refletir a era Obama com o primeiro Capitão América negro dos quadrinhos. E que usará um uniforme adaptado para incluir as asas retráteis, que permitiam ao Falcão voar.

 

 

via: Pipoca Moderna

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, produz conteúdo para web desde 2012. Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ''Coluna Clichê'' sobre os filmes que assiste no cinema e na TV. Também colabora com o blog ''CuteDrop''.

  • Image
  • Image