CM+ | simples e completo //

Destaques

8 perguntas para… Guilherme Prates

guilherme-prates-e-felipe-na-segunda-fase-de-em-familia-1387898663536_956x500

Ator de 21 anos fala sobre a peça ‘Na Real’, seu papel no filme ‘Confissões de Adolescente’ e sobre a novela ‘Em Família’, sua estreia no horário nobre da Globo.
Confira essa entrevista exclusiva!

 

1. Como você chegou até o filme ‘Confissões de Adolescente’?
Através de testes. Fiz 3 testes até conseguir o papel.

2. Como foi trabalhar com o Daniel Filho?
Nossa, foi maravilhoso! Ele é brilhante, aprendi muito. Ele nos deu um direcionamento ótimo, é o tipo de pessoa que gosta de ensinar, foi uma experiência incrível.

3. Você sempre quis ser ator?
Sim, faço teatro desde os 8 anos de idade. Com 17 anos eu estava fazendo uma peça infantil e surgiu a oportunidade de fazer um teste na Record. Pouco tempo depois, surgiu o convite do teste para ‘Malhação’. Fiz e fui aprovado.

4. Seu personagem, Dinho, era o galã da novela. Pouco tempo depois, o personagem sumiu. O que aconteceu?
Isso já estava previsto. A trama inicialmente iria até fevereiro, mas a Globo decidiu estender até julho. Para isso, eu precisava sair. Foi uma experiência ótima, super proveitosa, trabalhei com pessoas incríveis.
Na época do fim da novela eu fiz uma viagem sensacional pra Chapada Diamantina, depois comecei a filmar o ‘Confissões’… deu tudo super certo.

5. Você pode falar um pouco sobre a peça ‘Na Real’?
A peça é escrita e dirigida pelo Thiago Bomilcar Braga, é um projeto jovem e muito bacana. Ele tem 31 anos e fez uma trama adolescente, inédita, é um trabalho muito especial. Esse universo estava carente, com coisas datadas. A peça é muito bacana e eu acho que o público vai gostar.

6. E a novela ‘Em Família’? Como vai ser seu personagem Felipe?
O Felipe é um menino de 16 anos que vive na sombra da irmã Helena, vivida pela Bruna Marquezine (e na segunda fase da novela, por Julia Lemmertz).
Ele se sente excluído e encontra na bebida uma fuga, ainda mais nessa fase, que é complicada e cheia de descobertas. O personagem vai abordar a questão do alcoolismo adolescente, está sendo um trabalho muito bom.

7. Como é participar de uma novela do Manoel Carlos?
É incrível! Eu dou muita sorte nos meus trabalhos, sempre estou rodeado de pessoas talentosas, bons textos. Trabalhar numa novela do Maneco é muito especial.

8. 2014 começou cheio de novidades pra você…
Assim que é bom, né?! (risos)

 

+ infos:
A novela ‘Em Família’ estreia dia 3 de fevereiro.
A peça ‘Na Real’ está em cartaz no Shopping da Gávea (Teatro Clara Nunes) – 3ªs e 4ªs, 20h30. A meia entrada custa R$ 20,00.

 

Muita Calma Nessa Hora 2

muita-calma-nessa-hora-2-poster

 

A COLUNISTA ASSISTIU AO FILME A CONVITE DA DISTRIBUIDORA.

Embora não seja o filme nacional mais engraçado dos últimos anos, ‘Muita Calma Nessa Hora 2’ tem lá seus méritos.
Numa trama que reúne um elenco jovem e piadas prontas, o público volta a se encontrar com as personagens Estrela (Débora Lamm), Aninha (Fernanda Souza), Tita (Andreia Horta) e Mari (Giane Albertoni).

Após 3 anos, Tita e Mari resolveram mudar: Tita passou um tempo em Londres, onde foi garçonete e fez um curso de fotografia e Mari agora trabalha na produção de um grande festival, chamado Som do Rio. As coisas não mudaram muito para Aninha e Estrela: a primeira continua indecisa e Estrela mantém seu jeito esquisito, largadão e zen.
A trama se passa em dois locais, basicamente: o festival e o hotel de Pablo (Nelson Freitas), onde Estrela está morando.
No hotel estão hospedados um fã do ‘Chiclete com Banana’ muito louco interpretado por Lucio Mauro Filho e um gangster interpretado pelo ‘CQC’ Marco Luque.
Na loucura do festival, Mari precisa dar atenção para as amigas e também conter o gênio do sertanejo Renan (Bruno Mazzeo, sempre ótimo) e fugir das cantadas do ‘cantor-e-filósofo’ Neco (Rafael Infante).
Entre muitas participações especiais, estão incluídos Heloísa Périssé, Luis Lobianco, Marcelo Tas, Hélio de la Peña, Alexandra Richter, Paulo Silvino e Nizo Netto. Daniel Filho interpreta o pai de Tita, um idoso carrasco que não aceita a vida ‘despreocupada’ que sua filha leva; Alexandre Nero é Casé, o chefe estressado de Mari e Marcelo Adnet está de volta com seu personagem paulista.
O filme tem piadas prontas e muitas referências pop – o roteiro deixa claro que os personagens de Infante e Mazzeo são inspirados em cantores brasileiros famosos.
O melhor do filme, com certeza, são as cenas dos shows. Filmadas no Rio Centro e unidas a cenas de outros shows pelo Brasil, Felipe Joffily fez um trabalho bonito e que deu um resultado bom na tela, quase fazendo o espectador crer que está num show de verdade.
Com uma trama que destoa totalmente da primeira parte, filmada em 2010, ‘Muita Calma nessa Hora 2’ é um filme regular, mas que diverte, principalmente por causa das (muitas) participações especiais. Giane Albertoni melhorou muito como atriz, mas o destaque vai para Bruno Mazzeo como o sertanejo Renan. 
Cotação: Regular

Assista aqui o mega sucesso ‘Paracadá’, interpretado por Bruno Mazzeo

Disney adianta estreia de ‘Guardiões da Galáxia’ no Brasil

guardians-of-the-galaxy-photos-concept-art-full

 

A Disney anunciou que a estreia de Guardiões da Galáxia será adiantada no Brasil do dia 14 de agosto para o dia 1º do mesmo mês, sincronizando com o lançamento nos Estados Unidos.

O longa de ficção científica é baseado nos quadrinhos da Marvel e segue as aventuras de um grupo de alienígenas, os Guardiões da Galáxia, que combate uma força capaz de destruir todo o universo.

Dirigido e escrito por James Gunn, roteirista de filmes como Scooby-Doo (2002) e Madrugada dos Mortos (2004) o longa conta com um elenco formado por Bradley Cooper, Zoe Saldana, Cris Pratt e Vin Diesel, que vai apenas emprestar a voz para o personagem Groot, uma criatura em forma de árvore.

Via: VEJA

6 perguntas para… Mariana Bortolotto

Menina gaúcha que fez cover de ‘Beijinho no Ombro’ usando um ukelelê dá entrevista para o Cinema e Muito +. Confira!

Confissões de Adolescente

0957ef80ff749ba275681491e175e353

 

As irmãs adolescentes Tina (Sophia Abrahão), Bianca (Bella Camero), Alice (Malu Rodrigues) e Karina (Clara Tiezzi) estão passando por uma situação difícil.
O pai delas, Paulo (Cássio Gabus Mendes), não consegue mais sustentar o estilo de vida das quatro e ainda por cima pagar o aluguel do apartamento em que vivem.
Tenso com a situação, ele convoca as meninas para uma reunião e avisa: se elas não começarem a colaborar nas tarefas de casa, eles terão que se mudar.

Tina mora sozinha em Niterói, Rio de Janeiro, estuda Direito na Universidade Federal Fluminense e está com dificuldades para conseguir seu primeiro estágio. Como se não bastasse, seu namoro com o playboy Lucas (Hugo Bonemer) vai de mal a pior.
Sua irmã Alice anda com dificuldades para perder a virgindade com seu namorado Marcelo (Christian Monassa). A todo momento, algo impede o casal de ter privacidade e sossego.
Bianca faz uma nova amiga na escola, Juliana (Olívia Torres), que a faz repensar diversas questões. A caçula Karina é alvo da paixão de um fofo colega de classe, Felipe, e não sabe o que fazer.
Juntas, as irmãs enfrentam situações inusitadas e complicadas da adolescência.

O filme, que é baseado no livro de mesmo nome, escrito por Maria Mariana, foi dirigido por Daniel Filho (‘A Partilha’, ‘Se eu Fosse Você’) e Cris d’Amato. O roteiro ficou por conta do menino prodígio Matheus Souza (‘Apenas o Fim’ e ‘Eu não faço a menor ideia do que…’).
A trama é fofa e engraçadinha. As atrizes principais são excelentes e atuam de maneira leve, direta e sem afetações. Grande parte do elenco de apoio (amigos das protagonistas) atua ou já atuou em ‘Malhação’.
As tramas paralelas (bullying; busca por popularidade na escola; primeiro emprego; uso excessivo de redes sociais) funcionam, sem ter um tom chato ou didático.  As (poucas) cenas de sexo são românticas e não apelativas, caso raro se tratando de cinema nacional.
Fazem participações especiais os atores Deborah Secco, Caio Castro, Georgiana Góes, Daniele Valente e Thiago Lacerda.

Cotação: Bom

Ideal para: adolescentes; pessoas que assistem ‘Malhação’; pais com filhos adolescentes

O Riso dos Outros – O humor tem limites?

o_riso_

 

O documentário conta com depoimentos de diversos humoristas, como Fabio Rabin, Rafinha Bastos, Danilo Gentili, Fernando Caruso, Ben Ludmer, Alyson Vilela, Maurício Meirelles e Marcela Leal; da atriz Mariana Armellini; do escritor Antônio Prata; dos cartunistas Arnaldo Branco, Laerte e André Dahmer, entre outros.

Eles discutem a patrulha do ‘politicamente correto’, a responsabilidade da piada e a censura do humorismo que ocorre no Brasil.
O político Jean Willys, por exemplo, levanta a bandeira de que não existe piada que não seja ofensiva quando direcionada a um homossexual e defende a ideia de que não é necessário ofender para fazer rir.
A atriz Mariana Armellini fala, em seu depoimento, que certas cenas de humor só são engraçadas pois ”ninguém morreu e a situação não aconteceu com você”.
Arnaldo Branco, roteirista e cartunista, revela que não acha graça em piadas que ofendem a opção sexual do outro.
André Dahmer fala, sucintamente, sobre a quebra de paradigmas do humor e Danilo Gentili fala sobre os alvos de suas piadas.

O filme de Pedro Arantes, que foi filmado em 2012, é muito interessante.
Os depoimentos de humoristas conhecidos são bacanas e mostram como a piada é enxergada por cada um deles.
O machismo e as brincadeiras de mal gosto com estereotipos batidos (o gordo, o negro, o anão, etc) também são analisados.
O cartunista Laerte é uma das surpresas do documentário. Seus depoimentos são lúcidos, inteligentes e nos fazem refletir.

 

O doc está disponível no YouTube e você pode assistir clicando aqui.
Cotação: Muito bom

Ideal para: pessoas que gostam de documentários; fãs do cinema nacional; pessoas que gostam de stand up comedy

 

Rachel McAdams: a diva dos filmes sobre viagem no tempo

“Questão de Tempo” é o terceiro filme da atriz em quatro anos a abordar o tema; relembre personagens

2005-voo-noturno-c

A atriz canadense Rachel McAdams volta aos cinemas brasileiros nesta sexta-feira (20) com “Questão de Tempo”, comédia romântica dirigida por Richard Curtis. A estreia reserva um detalhe curioso: é o terceiro filme de Adams sobre viagem no tempo em apenas quatro anos.

Mais curioso ainda é o fato de, nos três longas, ela ficar sempre no presente enquanto seu par romântico é transportado para outras épocas.

Tudo começou com “Te Amarei Para Sempre” (2009), drama de Robert Schwentke no qual divide a tela com Eric Bana. Ele é Henry, dotado de um gene que o faz viajar no tempo súbita e involuntariamente, tanto para o passado quanto para o futuro.

McAdams interpreta Clare, a apaixonada mulher de Henry, que aceita a rara condição do marido e está disposta a construir uma família com ele, apesar de todas as dificuldades.

Em 2011 a atriz lançou “Meia-Noite em Paris”, de Woody Allen. A divertida comédia conta a história de Gil (Owen Wilson), um nostálgico escritor norte-americano que, durante férias na capital francesa, é transportado para os anos 1920.

McAdams é Inez, a rica noiva de Gil, que tem pouco interesse em sua carreira de escritor e muito menos em suas “fantasias” sobre viagem no tempo.

Em entrevista ao jornal “Metro” do Canadá, a atriz disse que “Questão de Tempo” aborda este tema tão presente em sua carreira “de forma única, bem sacada e leve”.

Desta vez ela é Mary, namorada de Tim (Domhnall Gleeson), um homem capaz de viajar no tempo e que usa seu dom para mudar sua vida – de fazer a proposta romântica perfeita a impedir o discurso ruim de seu padrinho de casamento.

Questionada pelo portal AOL sobre o que mudaria na própria vida se pudesse voltar ao passado, McAdams respondeu: “Eu patinava no gelo, então gostaria de voltar atrás em vários figurinos. Tiraria um pouco das lantejoulas e usaria menos sombra azul.”

 

113493_Papel-de-Parede-Meninas-Malvadas-Mean-Girls-
Rachel em seu primeiro filme de sucesso, ao lado de Lindsay Lohan e Amanda Seyfried

 

Fonte: IG

Regras da Pixar para criar uma boa história

437

 

1. Um personagem deve se tornar admirável pela sua tentativa, mais do que pelo seu sucesso.

2. É preciso manter em mente o que te cativa como se você fosse parte da público, e não pensar no que é divertido de fazer como escritor.
As duas coisas podem ser bem diferentes.

3. A definição de um tema é importante, mas você só vai descobrir sobre o que realmente é a sua história, quando chegar ao fim dela.
Então reescreva.

4. Era uma vez um/uma________. Todo dia,__________. Um dia, então__________. Por causa disso, __________. Por causa disso__________. Até que finalmente_______.

5. Simplifique. Tenha foco. Combine personagens. Não desvie do principal.
Você sentirá como se estivesse perdendo material valioso, mas ficará mais livre.

6. No que os seus personagens são bons e o que os deixa confortáveis? Coloque-os no lado oposto a isso. Desafie-os.
Como eles lidarão com essas situações?

7. Crie o final antes de saber como será o meio. Sério. Finais são difíceis, então adiante o seu trabalho.

8. Termine a sua história e deixe-a, mesmo que não seja perfeita. Siga em frente. Faça melhor da próxima vez.

9. Quando você tiver um “branco”, faça uma lista do que não irá acontecer no andamento da história.
Muitas vezes, é assim que surge a idéia de como continuar ela.

10. Separe as histórias que você gosta. O que você vê de bom nelas é parte de você.
É preciso identificar essas características, antes de usá-las.

pixag+copy

11. Colocar no papel permite que você comece a consertar as falhas. Se deixar na sua cabeça até aparecer a idéia perfeita, você nunca compartilhará com ninguém.

12. Ignore a primeira coisa que vier a sua cabeça. E a segunda, terceira, quarta, quinta – Tire o óbvio do caminho. Surpreenda a si mesmo.

13. Dê opiniões aos seus personagens. Passivo/maleável pode parecer bom enquanto você escreve, mas é um veneno para o público.

14. Por que você precisa contar essa história? Qual é o combustível que queima dentro ddela, e do qual ela se alimenta?
Esse é o coração da história.

15. Se você fosse o seu personagem, e estivesse na mesma situação, como você se sentiria?
Honestidade dá credibilidade para situações inacreditáveis.

16. O que está em jogo? Nos dê uma razão para nos importarmos com o personagem. O que irá acontecer se ele fracassar?
Coloque as probabilidades contra o sucesso.

17. Nenhum material é inútil. Se não está funcionando, largue de mão e siga em frente. Ele pode ser útil mais tarde.

18. Você deve saber a diferença entre dar o seu melhor e ser espalhafatoso. Histórias são para testar, não para refinar.

19. Coincidências que coloquem os personagens em problemas são ótimas; as que os colocam fora deles, são trapaça.

20. Exercício: Divida em pedaços um filme que você não gosta, e o reconstrua de forma que ele se torne um bom filme, na sua opinião.

21. Você deve se identificar com as situações e reações dos seus personagens, e não escrevê-las de qualquer forma.
Você agiria da mesma maneira que eles?

22. O que é essencial na sua história? Qual a forma mais curta de contá-la?
Se você souber a resposta, pode começar a construí-la a partir daí.

 

Via

Eu não faço a menor ideia do que eu tô fazendo com a minha vida

NAO-FACO-MENOR-IDEIA-DESTAQ

 

A COLUNISTA ASSISTIU AO FILME A CONVITE DA DISTRIBUIDORA.

Clara (a atriz e cantora Clarice Falcão) é uma menina que, como informa o título do longa, não sabe o que fazer com sua vida.
Ela tem um namorado pelo qual não parece ser muito apaixonada e cursa uma faculdade particular de Medicina que fica em um shopping. Muito confusa, a menina resolve matar aulas num boliche.
Assim ela conhece Guilherme (Rodrigo Pandolfo), um rapaz que a ajuda a descobrir qual é o seu talento e o que realmente quer da vida. Usando métodos diferenciados, os dois embarcam em diversas aventuras.

Clara mora com seu pai (Nelson Freitas) e sua mãe (Bianca Byington), que eram divorciados mas resolveram voltar a viver juntos.
Toda a sua família trabalha na área médica, e ela se sente pressionada para seguir a mesma carreira.
Enquanto tenta dar um rumo em sua vida, ela conversa com cada um de seus tios para tentar entendê-los, e de, alguma forma, entender a si mesma. Então entram em cena os ótimos Alexandre Nero, Gregório Duvivier, Kiko Mascarenhas e Augusto Madeira, enquanto Daniel Filho atua como seu avô.

O menino prodígio do cinema Matheus Souza (do excelente ‘Apenas o Fim’) assina o roteiro e cuida da direção do longa.
Com uma história fofa e uma personagem indie, conectada e consumista, Matheus dá seu recado de forma direta, mas ao mesmo tempo suave – e sem precisar gastar rios de dinheiro (o custo total do longa foi de aproximadamente 20 mil reais).
Adolescentes e fãs do cinema nacional vão se identificar com o drama da personagem principal, que parece ter sido feita para Clarice.

 

Cotação: Bom

Harry Potter vai virar peça de teatro!

J.K. Rowling anunciou a novidade no Facebook

Capas-dos-livros-de-Harry-Potter-em-gifs-animados 

Depois de anunciar um novo filme sobre o universo de Harry Potter, J.K. Rowling, autora da saga do bruxo, fez um grande anuncio para os fãs na manhã desta sexta-feira, 20: ela irá produzir uma peça baseada nos livros!

De acordo com o comunicado, publicado na página do Facebook da autora, ela vai se juntar aos produtores teatrais Sonia Friedman e Colin Callender para criar a peça.

“Nos últimos anos, fui abordada uma série de vezes para transformar Harry Potter em uma produção teatral, mas a visão de Sonia e Colin é a única que realmente fez sentido para mim, e que teve a sensibilidade, intensidade e intimidade apropriada para levar a história de Harry aos palcos”, afirmou Rowling.

“Depois de um ano de planejamento, é animador ver esse projeto caminhando para a próxima fase. Eu gostaria de agradecer à Warner Bros. por continuar apoiando esse projeto”, continuou ela.

Ainda segundo o comunicado, a peça vai começar a ser produzida em 2014 e vai explorar a história de Harry antes de Hogwarts, quando ele morava com os tios em um quartinho embaixo da escada.
Porém, infelizmente, a peça será feita apenas para os teatros do Reino Unido.

“Com alguns dos nossos personagens favoritos dos livros Harry Potter, esse novo trabalho vai oferecer uma visão única do coração e da mente do agora legendário jovem bruxo. Um menino aparentemente normal, mas para quem o destino tinha grande planos”, diz o comunicado.