For the love of Spock

O documentário é dirigido por Adam Nimoy, filho do ator e diretor Leonard Nimoy, famoso mundialmente por interpretar o vulcano Spock na série de sci-fi ”Star Trek”. O filme mistura entrevistas antigas com biografia do ator e sua infância humilde; também mostra a carreira dele da perspectiva de Adam, que era criança quando a série foi ao ar e conta como foi crescer como ”filho de celebridade” nos anos 60 e 70.

A trama é muito bem costurada e emocionante – não só para os trekkers (fãs de ”Star Trek”), mas para quem gosta de cultura nerd em geral e quer entender melhor essa indústria, que era muito diferente nos anos 60, quando a série estreou nos Estados Unidos. Curiosidades interessantes, como a invenção da frase ”Live long and prosper”, são explicadas. As imagens de arquivo dão um tom saudosista muito bonito e elegante ao filme, que combinam muito com a carreira de Leonard, que faleceu em fevereiro de 2015.

Fazem parte do documentário alguns fãs ilustres, como o cientista Neil DeGrasse Tyson, o diretor JJ Abrams e o ator Jim Parsons, de ”The Big Bang Theory” falando sobre o impacto da série em suas vidas. Também dão depoimentos sobre Leonard seus companheiros de seriado, como William Shatner (James T. Kirk), Nichelle Nichols (Nyota Uhura) e George Takei (Sulu); e os atores da ”nova geração” do cinema Chris Pine (Kirk), Zachary Quinto (Spock), Karl Urban (Bones), Zoë Saldaña (Uhura) e Simon Pegg (Scotty).

 

Cotação: Muito bom

Saiba mais sobre o documentário

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, trabalha com redes sociais e produz conteúdo para web desde 2012. Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ''Coluna Clichê'' sobre os filmes que assiste no cinema e na TV.

  • Image