Oz – Mágico e Poderoso

oz-magicoepoderoso

 

O novo filme da Disney, ‘Oz – Mágico e Poderoso’ é visualmente impressionante.
As primeiras cenas, em preto e branco, são incríveis e capazes de transportar o espectador ao Kansas de 1905.

Na trama, Oscar Diggs (James Franco), um mágico farsante, tenta fugir de uma briga roubando um balão no circo em que trabalha, e acaba indo parar de no meio de um furacão que está se formando.

Após alguns minutos de desespero, ele chega a um local diferente e muito colorido, e dá de cara com a bela Theodora (Mila Kunis).
A jovem fica encantada com o visitante, e diz que pretende apresentá-lo a sua irmã Evanora (Rachel Weisz, mais linda do que nunca).
As duas irmãs acreditam que a profecia está se cumprindo e que Oz é o mágico pelo qual todos estavam esperando.

Oz fica feliz com a possibilidade de ter uma vida de luxo e riqueza no local, porém, as coisas ficam um pouco mais complicadas.
Ele conhece a outra bruxa do local, Glinda (Michelle Williams), e precisa descobrir qual das três está mentindo e assim, lutar contra a maldade para salvar a terra de Oz e a si mesmo.

Ele conta com a ajuda do engraçado Finley, um macaco alado, e de uma linda boneca de porcelana.
Seus ajudantes inusitados são responsáveis por alguns bons diálogos e James Franco convence na pele de um farsante de caráter duvidoso.
Infelizmente, não é o melhor trabalho do diretor Sam Raimi (trilogia original de ‘Homem Aranha’)

Os efeitos especiais de ‘Oz – Mágico e Poderoso’ são encantadores e fascinam até adultos, sendo o ponto alto do filme.

Cotação: Regular

 

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, trabalha com redes sociais e produz conteúdo para web desde 2012.
Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ”Coluna Clichê” sobre os filmes que assiste no cinema e na TV.

  • Image

Leave a comment