Pixar e Khan Academy oferecem curso de animação gratuito!

Pixar-in-a-box2

 

Já imaginou um curso gratuito de animação com base nas metodologias da Pixar?
Parece uma realidade muito distante? Pois saiba que é real, e a melhor parte de todas: é gratuito! Em parceria com a Pixar, a Khan Academy criou o Pixar in a Box, baseado nas aplicações da matemática/física para a animação; logo não é necessário ter conhecimento prévio de desenho ou modelagem.

Acesse o site clicando aqui

Pixar in a Box – aprender é realmente divertido

O curso conta com vídeos, textos e exercícios sobre a mecânica da animação em 3D, e possui ainda dicas valiosas dos próprios profissionais da Pixar. O novo recurso totalmente online explora os conceitos acadêmicos por trás dos processos criativos daPixar Animation Studios.

Através de uma série de aulas em vídeo, exercícios interativos e atividades práticas, os alunos vão descobrir como os conceitos acadêmicos que aprendem na escola permitem aos cineastas da Pixar criar novos mundos, animar personagens únicos e contar histórias através da animação.

Inicialmente o recurso foi projetado especialmente para estudantes do ensino médio, mas agora a ferramenta está disponível para os alunos de todas as idades, e, mais uma vez, totalmente gratuito. O Diretor Executivo da Khan Academy falou sobre o projeto e qual o objetivo principal dele:

Nossa missão na Khan Academy é criar ums sala de aula mundial gratuita para qualquer um, em qualquer lugar. Despertar o interesse nos alunos em matemática e outras áreas acadêmicas é parte fundamental, e nós estamos muito satisfeitos em colaborar com a Pixar para alcançarmos esse objetivo. Pixar in a Box dá aos alunos uma nova forma de se envolver com conceitos acadêmicos e ver o quão criativos esses conceitos podem ser.
Confira os cursos:

  • Como são criadas as multidões, como o enxame de robôs em WALL-E;
  • Como parábolas são usadas para modelar ambientes, como a floresta emValente;
  • Como medidas ponderadas são usadas para criar personagens, como o Buzz Lightyear e o Woody;
  • Como a interpolação linear e cúbica são usadas para animar personagens;
  • Como a trigonometria é usada para criar os mundos em que as histórias da Pixar acontecem;
  • Como equações simultâneas são usadas para pintar as imagens da Pixar.

É interessante, pois mesmo quem não é muito fã de matemática e correlatas, pode se interessar e aprender de uma maneira divertida. Embora seja focado mais na matemática, o futuro do Pixar in a Box prevê um aprofundamento na ciência, ciência da computação, artes e outras matérias humanas.

via

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, produz conteúdo para web desde 2012. Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ''Coluna Clichê'' sobre os filmes que assiste no cinema e na TV. Também colabora com o blog ''CuteDrop''.

  • Image
  • Image