Spock de ‘Jornada nas estrelas’ morre aos 83 anos

spock2

O ator norte-americano Leonard Nimoy, conhecido pelo papel de Spock em “Jornada nas estrelas”, morreu aos 83 anos, na manhã desta sexta-feira em sua casa em Bel Air, bairro de Los Angeles. Susan Bay Nimoy, mulher do ator, confirmou a notícia ao “New York Times” dizendo que a causa da morte foi uma doença pulmonar crônica obstrutiva.

Na semana passada, Nimoy foi internado às pressas em um hospital de Los Angeles, EUA, após sentir fortes dores no peito.

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ter acontecido, mas não preservados, exceto na memória”. Esse foi o último tuíte de Leonard Nimoy. Nos últimos dias, ele postou poesias, se disse arrependido de ter fumado, entre outras mensagens que indicavam uma despedida.

Ele também passou para trás das câmeras e dirigiu o terceiro e quarto longas de “Star Trek”, sendo que “Star Trek IV: a volta para casa” foi então o filme de maior sucesso da série no cinema.

Nimoy também dirigiu os filmes “Coisas engraçadas do amor”, com Gene Wilder, e “Três solteirões e um bebê”, de 1987, uma das comédias de maior bilheteria da época.

Mais recentemente, ele retornou à série “Fringe” como o maníaco professor William Bell, e fez a voz de Spock em um episódio de 2012 de “Big Bang Theory”. O último trabalho dele como Spock foi “Além da escuridão: Star Trek” (2013), segundo longa da franquia desde a retomada com “Star Trek” (2009), sob direção de J.J. Abrams.

Leonard Nimoy foi casado duas vezes, com a atriz Sandra Zober (1954-1987), com quem teve um casal de filhos, e com Susan Bay, desde 1988. Seu filho, Adam Nimoy, hoje é diretor de televisão.

 

 

Influenciador digital, consultor de Cinema, TV e Web, crítico de cinema, editor de vídeos e revisor de textos.

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image