Criadores de ‘Smallville’ se arrependem de personagens femininas “sem autonomia”

Al Gough e Miles Millar, os criadores de Smallvillecontaram em entrevista ao THR que, se fossem escrever a série do jovem Superman hoje em dia, fariam as personagens femininas da história terem mais autonomia – especialmente Lana Lang (Kristin Kreuk).

“O romance entre Clark e Lana se estendeu demais. Hoje em dia, alguma outra coisa teria acontecido naquela hoje, porque ficou muito repetivivo. Minha filha mais nova está assistindo Smallville agora, e ela está na segunda temporada, me perguntando: ‘Qual é o problema desses dois?“, brincou Gough.

Kristin Kreuk, a Lana da série

Millar completou dizendo que, na época, os dois roteiristas estavam tentando alongar a trama romântica para que a série chegasse de maneira bem-sucedida à quinta temporada. Smallville acabou, é claro, tendo 10 temporadas ao todo, entre 2001 e 2011.

“Como pai de meninas, acho que escreveria as personagens femininas da série de maneira diferente hoje em dia. Quanto a Lana, principalmente, a autonomia dela não existia. Ela poderia ter sido uma personagem muito mais forte, mas sempre a colocávamos em uma posição de fraqueza. Era uma época diferente, e acho que faríamos muito melhor atualmente, disse.

Apesar dos arrependimentos, Gough e Millar continuam dizendo que não retornariam à Smallville para um reboot ou continuação das aventuras do jovem Superman – muito embora um revival em formato de animação esteja vindo por aí, segundo Tom Welling.

Leia Mais
Uma Astronauta Quase Perfeita | Comédia com Emma Roberts ganha trailer