O Rei

Virar galã da noite pro dia não é fácil. Brad Pitt,Leo DiCaprio, Robert Pattinson, todos passaram pelas dores e delícias de ter que mostrar que eram mais que um rostinho bonito.

Agora a bola está com  Timothée Chalamet. Aos 23 anos, ele  já conseguiu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator por interpretar Elio no excelente ‘’Me Chame Pelo Seu Nome’’ Agora, o nova-iorquino encara um novo desafio: interpretar Henrique V, rei da Inglaterra em ‘’O Rei’’, novo épico da Netflix.

No filme, ele interpreta Henrique (também chamado de Hal), um rapaz ressentido por seu pai e frustrado por suas obrigações reais. O jovem prefere festas, bebida e mulheres. Tudo muda quando de repente ele é forçado a sentar-se no trono para salvar uma Grã-Bretanha em guerra.

Seu oponente é Robert Pattinson (‘’Harry Potter’’, ‘’Crepúsculo’’), que interpreta o príncipe da França, um homem dissimulado e irônico. Os diálogos dos  dois são o ponto alto do  filme, que, por incrível que pareça, não é uma trama sobre guerra.

Dirigido por David Michôd, o longa  tem um terceiro ato  inspirado e dramático. Chalamet, que já mostrou dá conta do recado em ‘’Querido Menino’’ e ‘’Ladybird – Hora de voar’’, é a alma do filme e está muito bem como protagonista. Com pouco mais de duas horas de duração, ‘’O Rei’’ merece sua atenção.

 

Cotação: Muito bom

Leia Mais
As golpistas