Daniel Radcliffe fala sobre sua batalha contra o alcoolismo

Daniel Radcliffe faz uma confissão corajosa na rádio ‘Desert Island Discs’, da BBC Radio 4. O ator disse que seu alcoolismo foi ‘alimentado’ pela incerteza sobre como seria sua vida após Hogwarts.
Daniel, 30 anos, disse que a diversão das pessoas ao “ver Harry Potter se embebedando em um bar” o fez querer beber mais.

Ele disse que a situação piorou no final da franquia de oito filmes pelo medo de não saber o que fazer em seguida com a sua carreira. Quando perguntado como lidou com as críticas, ele disse: “Acho que ‘lidei’ mal no começo. Se eu saía e ficava bêbado, de repente ficava ciente de que havia interesse naquilo porque não era apenas um cara bêbado, era ‘Oh, Potter está ficando bêbado no bar’. Isso traz algum tipo de interesse para as pessoas e também um interesse levemente zombeteiro. É inerentemente engraçado para as pessoas”.

Daniel contou que não gostava de como aquilo o fazia se sentir, mas “a maneira de lidar com isso era apenas beber mais ou ficar mais bêbado, então eu fiz muito disso por alguns anos”. Ele não sabia se bebia por causa da sua natureza ou por causa das circunstâncias em que estava.

“Muita coisa aconteceu no final de ‘Potter’ e um pouco depois que terminou, era um pouco de pânico, sem saber o que fazer em seguida. Não estava confortável o suficiente em quem eu deveria ser – sóbrio”. O ator parou de beber em 2010.