Review: ”A sutil arte de ligar o f*da-se”, de Mark Manson

(Foto: Hadassah Sorvillo)

Você não é especial. A felicidade é um problema. Você está errado em tudo.
Chega de ”pensamento positivo”. Livre-se agora da felicidade maquiada! 
É assim, com esse tapa na cara, que o blogueiro Mark Manson começa seu livro best seller internacional ”A sutil arte de ligar o f*da-se”.

Mark incentiva o leitor a aceitar a tristeza e aprender a viver com ela. É normal ter dias ruins, se sentir deprimido, e tudo bem com isso. É impossível ter uma vida perfeita como num feed do Instagram, usando roupas incríveis, viajando para lugares exóticos e se divertindo com celebridades. No mundo real, nós sentimos ansiedade, culpa e medo, o que nos torna simplesmente… humanos. O autor usa a ótima expressão ”chafurdando em felicidade” para descrever a vida ”perfeita” das pessoas na internet.

O livro é uma ”autoajuda ao contrário” e aposta em conceitos muito interessantes, como a ”lei do esforço invertido”, desenvolvida pelo filósofo Alan Watts. Ela afirma que todo o esforço exagerado para fazer as coisas darem certo é o que faz que elas deem errado. Ou seja: quanto mais você tenta boiar, mais afunda; mas quando tenta afundar, mais boia. Não sabemos nossas prioridades e isso acaba conosco.

“Nossa crise não é mais material; é existencial, espiritual. Temos tanta tralha e tantas oportunidades que nem sabemos mais o que realmente importa”

O livro impressiona por ser 100% honesto o tempo todo e utilizar muitos palavrões. Ele dá conselhos sobre como viver melhor com o que você tem e não se importar (tanto) com o que o resto do mundo está exibindo por aí – afinal, quem vive sua vida é você. Entre os ensinamentos do ”guru”:
– Chega de perseguir um sucesso que só existe na sua cabeça;
– Não tente pensar positivamente, quando sua vida estiver um horror;
– Sinta-se confortável com a sua vulnerabilidade;
– Procure o lado bom de estar no fundo do poço

”A sutil arte de ligar o f*da-se” é um livro simpático e divertido, de fácil entendimento e que, no mínimo, vai te garantir boas risadas com algumas histórias. O escritor é um crítico da realidade cruel que nos cerca. Sem meias palavras, mas ainda sim com muito carisma, ele ensina como viver uma vida com menos estresse – ou pelo menos tenta.

“A ideia não é fugir das merdas.
É descobrir com qual tipo de merda você prefere lidar.”

 

Cotação: Bom

_
”A sutil arte de ligar o f*da-se”, de Mark Manson
Páginas: 224
Editora: Intrínseca
Data da primeira publicação: 6 de novembro de 2017