Saiba tudo sobre ‘O Sétimo Guardião’

A nova novela de Aguinaldo Silva é ambientada na fictícia Serro Azul, já mencionada em novelas anteriores do autor, uma cidade que é vizinha de Greenville e Tubiancanga. Ela acompanha um grupo de sete pessoas, os guardiões, responsáveis pela proteção de uma fonte de água com propriedades mágicas.

Os tais guardiões são o prefeito Eurico (Dan Stulbach), o delegado Machado (Milhem Cortaz), o médico Aranha (Paulo Rocha), o mendigo Feliciano (Leopoldo Pacheco), a cafetina Ondina (Ana Beatriz Nogueira), a esotérica Milu (Zezé Polessa), e Egídio (Antônio Caloni), o guardião-mor.

A fonte é alvo da cobiça da empresária do ramo de cosméticos Valentina Marsalla (Lilia Cabral), a vilã da trama, que pretende utilizar suas águas na criação de produtos estéticos.

Ela é mãe de Gabriel (Bruno Gagliasso), jovem destinado a substituir Egídio e assumir o posto de guardião-mor. Por consequência e tradição, ele é impedido de se casar – situação que se torna tensa quando se apaixona por Luz da Lua (Marina Ruy Barbosa), que será a mocinha.

Luz, recém-formada professora, foi criada pelo avô,Sóstenes (Marcos Caruso), como uma menina comum. Luz sabe, no entanto, que esse adjetivo não se aplica a ela. Desde pequena, tem sonhos enigmáticos, alguns deles são visões de algo que está prestes a acontecer. 

Boa parte dessa afirmação poderá ser constatada pela presença do gato Leon. Espécie de fio condutor da trama, o felino é, na verdade, um humano – mais à frente, interpretado por Eduardo Moscovis, vítima de uma maldição que o transformou em bicho.

Não por acaso, o gato é figura central em algumas das principais obras de grandes escritores, como García Márquez (“Eva está dentro de seu gato”), Edgar Allan Poe (“O gato preto”) e H.P. Lovecraft (“Os gatos Ulthar”), todos admirados por Aguinaldo.

A presença do realismo mágico na obra de Aguinaldo é recorrente. Em “O outro” (1987), ele tratou do duplo – a existência de alguém semelhante, uma cópia, tema caro a esse estilo literário. Em “Pedra sobre pedra” (1992), mostrou o espírito do fotógrafo Jorge Tadeu (Fábio Júnior) se transformando em uma borboleta, em referência direta à obra de García Márquez.

Aguinaldo diz que, nos últimos tempos, notou que “a realidade se tornou terrível e muito avassaladora”. “Cheguei à conclusão que nenhuma ficção poderá competir com ela.”  Foi quando decidiu voltar ao realismo mágico, com “O Sétimo Guardião”. 

Também fazem parte do elenco Elizabeth Savalla, Vanessa Giácomo, Letícia Spiller, Flávia Alessandra, Marcelo Serrado, Carolina Dieckmann, José Loreto, Caio Blat, Yanna Lavigne, Marcello Novaes, Fernanda de Freitas,Isabela Garcia, Ailton Graça, Bruna Linzmeyer, Giullia Buscacio, Carol Duarte e Paulo Vilhena. A nova trama das 21h estreia em 12 de novembro.

via