Foto: Felipe Ovelha
Foto: Felipe Ovelha

 Andrea Beltrão estreia a peça ‘Lady Tempestade’ no Teatro Poeira

Passado, presente e futuro se embaralham em “Lady Tempestade”, espetáculo cuja dramaturgia parte dos diários da advogada pernambucana Mércia Albuquerque (1934-2003), sobre sua atuação em defesa de centenas de presos/as políticos/as do Nordeste, principalmente entre 1973 e 74, um dos períodos mais pesados da ditadura brasileira.

Na trama escrita por Silvia Gomez e dirigida por Yara de Novaes, Andrea Beltrão interpreta A., mulher que recebe os diários de Mércia e fica impactada com o testemunho pela busca de justiça — ou, ao menos, o paradeiro de desaparecidos, a partir das súplicas de mães desesperadas — e com a narrativa repleta de violência e coragem.

Numa espécie de “diário dentro do diário”, A. encara o dilema de se envolver com aquela história, mas acaba mergulhando nela. Aos poucos, vai revelando uma personagem feminina importante, que começa a ser reconhecida a partir da publicação de suas memórias em livro, em 2023.

Mércia dizia que era uma contadora de histórias de pessoas que reconstruíram a liberdade. Eu sou uma contadora de histórias. Eu acredito que contar histórias é uma maneira amorosa de pensarmos juntos no nosso passado, nosso presente e nosso futuro. Contar histórias amorosamente, para nunca esquecer. Para tentarmos responder às perguntas que nos fazemos aqui e agora”, explica Andrea.

Lady Tempestade, com Andrea Beltrão
Direção: Yara de Novaes
Dramaturgia: Silvia Gomez
Cenografia: Dina Salem Levy

Desenho de luz: Sarah Salgado e Ricardo Vívian
Figurinos: Marie Salles
Criação e operação de trilha sonora: Chico BF
Desenho de som: Arthur Ferreira
Assistente de direção: Murillo Basso
Assistente de cenografia: Alice Cruz
Identidade visual: Fábio Arruda e Rodrigo Bleque | Cubículos
Fotografia: Nana Moraes
Assessoria de Comunicação: Vanessa Cardoso | Factoria Comunicação
Assessoria de Imprensa: Daniella Cavalcanti
Comunicação Digital: Bruna Paulin
Produção: Quintal Produções

Teatro Poeira (Rua São João Batista, 104 – Botafogo)

Temporada: de 04 de janeiro a 04 de fevereiro de 2023
Horário: Quinta a sábado, às 21h | Domingo, às 19h

Ingresso: 100,00 (inteira) | 50,00 (meia)

Capacidade: 171 lugares
Duração: 70 minutos / Classificação: 12 anos
Bilheteria: terça a sábado, das 15h às 21h | domingo, das 15h às 19h
Vendas na bilheteria do teatro Poeira a partir do dia 02 de janeiro

Leia Mais
A Casa do Dragão | 2ª temporada teve cena de sexo “carnal” de Alicent deletada