Godzilla 2: O rei dos monstros

Com muitos efeitos especiais e pouca trama, ”Godzilla 2” é um filme esquecível.
No filme, Millie Bobby Brown (”Stranger Things”) é Maddie, uma menina que mora com a mãe e não vê seu pai há algum tempo. Ela acompanha a mãe, Emma, em sua jornada, junto com o vilão do filme, na ressurreição do maior inimigo de Godzilla, o tricéfalo King Ghidorah e os monstros Mothra e Rodan. Quando esses criaturas – que até então todos acreditavam não passarem de um mito – voltam a viver, eles começam a se enfrentar, destruindo cidades, criando tsunamis e colocando a humanidade em risco.

Emma pensa que seu trabalho como cientista irá ajudar o mundo, por isso se une ao vilão. Ela usa ondas sonoras para atrair os animais para si.
Ao perceber que o que sua mãe está fazendo pode extinguir toda a população do mundo, Maddie, que já estava irritada com Emma por quase ter deixado seu pai morrer em um determinado momento do filme, foge levando o equipamento da empresa Monarch para atrair, através de ondas sonoras, os três monstros a um único lugar, o estádio de baseball. (claro, isso vai dar super certo).

É triste ver o elenco ser desperdiçado em mais de 2 horas numa trama tão fraca. Com tantos monstros, explosões e coisas acontecendo ao mesmo tempo, é impossível entender a real motivação dos personagens.
Uma pena.

Cotação: Ruim

Leia Mais
Todos menos você