Julia Roberts revela que recusou comédias românticas por falta de bons roteiros

Que Julia Roberts é uma das representantes do cinema de comédia romântica, isso não está sob discussão. Contudo, com o gênero cada vez mais ausente nas telonas e mais presente no streaming, é até estranho pensar que a atriz que tem Um Lugar Chamado Notting Hill Uma Linda Mulher não estrela uma romcom há mais de 20 anos.

Essa espera, no entanto, não soa esquisito apenas para os fãs do gênero como também para a própria atriz. Ao The New York Times, Roberts declarou que não estava “evitando propositalmente” estrelar esses filmes, mas que o motivo que resultou no afastamento foi justamente a falta de um roteiro ou ideia adequada.

“As pessoas às vezes interpretam mal a quantidade de tempo que eu não fiz uma comédia romântica como se eu não quisesse fazer uma”, disse Roberts ao jornal. “Se eu tivesse lido algo que eu achasse que era aquele nível de escrita de ‘Um Lugar Chamado Notting Hill’ ou ‘O Casamento do Meu Melhor Amigo’, eu o faria. Eles não existiam até este filme que acabei de fazer que Ol Parker escreveu e dirigiu.”

No bate-papo, a atriz refere-se ao seu mais recente lançamento, Ticket to Paradise, de Ol Parker, cineasta por trás de Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo! Imagine Eu & Você. Além de Roberts, o longa ainda é estrelado por George ClooneyBillie Lourd, Kaitlyn Dever e Lucas Bravo.

Questionada sobre as comédias românticas atuais “não terem um único roteiro bom, nenhum”, Roberts respondeu que sim. Aqui está a coisa: se eu achasse que algo era bom o suficiente, eu teria feito”, disse Roberts. “Mas também tive três filhos nos últimos 18 anos. Isso eleva ainda mais a fasquia porque não é apenas ‘Este material é bom?’ É também a equação matemática do horário de trabalho do meu marido e o horário escolar das crianças e as férias de verão. Não é apenas ‘Ah, acho que quero fazer isso’. Tenho um sentimento de grande orgulho em estar em casa com minha família e me considerar uma dona de casa.”

Ticket to Paradise está programado para ser estrear em 21 de outubro, pela Universal Pictures.

Leia Mais
Inédito: “Pixar in Concert” chega ao Brasil em julho; vem saber tudo