Modo Avião

Estrela da tv e da internet, Larissa Manoela tem 19 anos e ”apenas” 28 milhões de seguidores nas redes sociais. Usando o poder de influência da jovem, a Netflix espertamente traçou um plano de produzir diversas produções brasileiras até 2020 na plataforma, tentando trazer ainda mais público para si.

No filme, Larissa é Ana, uma blogueira da cidade grande que divide com seus seguidores cada passado que dá no dia: escolhe as roupas que vai usar através de enquetes, fotografa o café da manhã e mostra a todos o quanto seu relacionamento é lindo e perfeito. Quando Ana bate de carro mais uma vez por estar usando o celular enquanto dirige, seus pais a enviam para o interior para passar um tempo com o seu distante avô (o cantor Erasmo Carlos). A casa, para o seu desespero, fica no meio do mato e não tem sinal de wi-fi. E agora, o que será de Ana sem seus seguidores?

O roteiro se esforça em mostrar que a patricinha tem bom coração, é humilde, busca o amor e se conecta com quem está ao seu redor (sem trocadilhos aqui). Larissa é boa atriz e conseguimos perceber as nuances da personagem ao desenrolar da trama, principalmente na cenas que envolvem o passado de sua família. O roteiro é de Renato Fagundes e Alice Name-Bomtempo (da série ”Vai que cola”), com direção de César Rodrigues. Bonitinho, ”Modo Avião” é um filme para toda a família, que nos faz refletir sobre a vida que existe quando estamos longe do celular.

 

Cotação: Bom

Leia Mais
Homens, mulheres e filhos