Sandra Bullock poses backstage at the Palm Springs

“Não vejo diferença entre vaginas e pênis quando trabalho”, diz Sandra Bullock

Em seu novo trabalho, Sandra Bullock nos apresenta Malorie, que juntamente com seus dois filhos precisa enfrentar uma jornada de sobrevivência, depois que uma força alienígena acaba com a população local. O maior perigo é que os três precisam atravessar um rio traiçoeiro a remo e com os olhos vendados. Trevante Rhodes se junta a ela nessa jornada, dando vida a Tom, com quem Malorie se envolve na trama. “Interpreto uma mulher que está  isolada e grávida. Ela se dá conta que vai ter o filho se quiser ou não”, falou a atriz sobre o filme que estreia 21 de dezembro.

Apesar das dificuldades em gravar algumas cenas de olhos vendados, os atores contam que tiveram apoio de um instrutor o tempo todo e ainda aprenderam pequenos truques para “ouvir” seus outros sentidos. A parte mais difícil, conta ela, foi atuar com duas crianças de quatro anos também vendadas, porque ela era a responsável pela a segurança dos pequenos: “Prometi aos pais que devolveria eles inteiros ao fim do dia”, brincou. “Mas as crianças eram incríveis, dois pequenos profissionais”.

Bullock também enalteceu a diretora Susanne Bier, garantindo que não vê diferença entre ser dirigida por mulher ou homem. “Trabalho com mulheres e não vejo diferença entre vaginas e pênis quando estou atuando. Gosto de bons diretores. Susanne soube exatamente o que queria fazer. Ela é muito focada e ama intimidade entre pessoas, não só sexual, mas o que realmente faz as relações. Me senti muito confortável, segura”.

Leia Mais
Kiernan Shipka entra no elenco de ‘Red One’