Filme da ”Viúva Negra” será sobre família, afirma Scarlett Johansson

Em entrevista para a  Vanity Fair, a atriz Scarlett Johansson falou sobre alguns destaques de sua carreira e, entre eles, sobre sua personagem na franquia de super-heróis da Marvel e sobre o filme solo da Viúva Negra, que mostrará o passado de Natasha Romanoff, enquanto é explorado um momento decisivo em sua jornada. A trama do longa acontece após os eventos de “Capitão América: Guerra Civil” e antes dos acontecimentos de Vingadores: Guerra Infinita”.
Ao comentar sobre a obra, Johansson compartilhou sobre a jornada emocional que sua personagem enfrentará:

“Ainda não tenho uma perspectiva total. É um filme sobre autoperdão. É um filme sobre família. Eu acho que, na vida, atingimos a maioridade muitas vezes e tem esses momentos em que se está em uma fase de transição e depois ultrapassa um pouco além dela. Eu acho que no filme independente da Viúva Negra, a personagem está em um momento de crise real e, ao longo do filme, está enfrentando a si mesma de várias maneiras e com tudo aquilo que faz ela ser ela. Ela está realmente passando por essa crise do outro lado e é capaz de se redefinir em um espaço em que ela é uma pessoa mais autônoma e fundamentada. Então, essa é a jornada dela.”

Detalhes sobre a trama do filme estão sendo revelados aos poucos. Confirmações que vieram à público até o momento indicam a presença do vilão Treinador (Taskmaster) e a apresentação de vários personagens utilizando o famoso codinome Viúva Negra.

O elenco conta ainda com David Harbour como Alexei, o Guardião Vermelho, que tem sentimentos conflitantes em relação ao Capitão América; Florence Pugh como Yelena, uma irmã de Quarto Vermelho de Natasha; O-T Fagbenle como Mason, um contato antigo de Natasha, de antes da SHIELD; e Rachel Weisz como Melina.

O longa será dirigido por Cate Shortland (“A Síndrome de Berlin“). Johansson irá exercer também a função de produtora executiva do filme.
“Viúva Negra” será o primeiro filme da Fase 4 do MCU e estreará em 1° de maio de 2020.

Leia Mais
Anthony Mackie afirma: ”Marvel não faz o suficiente para apoiar a diversidade”