Sophie Turner comenta o final de Sansa em ”GoT”

ATENÇÃO! Contém SPOILERS do episódio final de Game of Thrones.

A jornada de Sansa Stark em oito temporadas de Game of Thrones a fez sair do lugar de uma das personagens mais irritantes ao de uma das favoritas do público para se sentar no Trono de Ferro.

O final de sua história não a consagra comandante dos Sete Reinos, mas ela acaba ganhando a sua própria coroa de rainha, com a independência do norte.

“Eu não fiquei nem um pouco triste”, conta Sophie Turner à EW, sobre não ter terminado no Trono de Ferro. “Porque desde o final da primeira temporada, Sansa não era muito fã da capital ou da coroa. Ela não acredita que poderia comandar, e nem quer. Ela sabe que seu lugar é no norte e ela pode governar o povo do norte e Winterfell. Ela provavelmente seria capaz, com a ajuda de sua família e de conselheiros como Tyrion. Mas ela não deseja ser a comandante dos Sete Reinos.”

SOPHIE TURNER DESABAFA SOBRE SUA DEPRESSÃO

Após Jon Snow (Kit Harington) matar Daenerys (Emilia Clarke), um conselho com os grandes Lordes de Westeros é reunido para decidir o futuro dos Sete Reinos. Bran (Isaac Hempstead-Wright) é coroado como o novo rei, mas Sansa declara que o norte não irá se ajoelhar, conquistando a independência da região.

 

via

Leia Mais
Junior relembra depressão após fim da dupla com Sandy