Uncharted: Fora do mapa

Depois de tanto tempo, veio aí: mais de 10 anos em desenvolvimento, troca de elenco e até mesmo roteiros descartados, o drama de ”Uncharted” é finalizado com o filme chegando aos cinemas ao redor do mundo.

O filme mostra a vida do protagonista Nathan Drake (Tom Holland, o ”Homem Aranha”) desde que era uma criança no orfanato ao lado de seu irmão, o problemático Sam (Rudy Pankow, de ”Outer Banks”). Quando Sam foge, ele promete que irá voltar para buscar Nathan. Durante anos, ele se corresponde por meio de cartões postais. Nathan nunca mais o viu.

Anos depois, Nathan é um jovem bartender em Nova York, que se aproveita de clientes para praticar pequenos furtos. Um dia, ele é abordado por Sully (Mark Whalberg), um caçador de recompensas que conheceu Sam. Ele precisa de Nathan para um objetivo bem específico: roubar uma cruz de ouro, que irá levar a dupla até o lendário tesouro de Fernão de Magalhães.
Isso não será fácil pois o vilão (Antonio Banderas) também está de olho no objeto.

Com uma história interessante e envolve, o filme é feito principalmente para aqueles que não conhecem o videogame. A trama mostra toda a jornada dos personagens para que ninguém fique perdido.
A produção do longa, em especial os efeitos especiais, são um show a parte, isso faz com que as cenas de ação tenham vida própria e fiquem na memória do espectador. Da cena do avião (memorável e uma das melhores do longa) ao navio, “Uncharted” traz consigo uma qualidade visual que eleva o nível das adaptações do videogame para o cinema.
O longa tem potencial para virar franquia e está fazendo bonito nas bilheterias. O filme tem direção de Ruben Fleischer (”Zumbilândia”).

Cotação: Muito bom

Leia Mais
Todos menos você