”Baby Groot é um personagem mais completo em Guardiões 2”, afirma James Gunn

Desde que o Baby Groot apareceu no final de “Guardiões da Galáxia”, fazendo uma dancinha embalada ao som de Michael Jackson, nos emocionou muito por esclarecer que o adeus ao personagem Groot, que morreu para salvar seus amigos, era só um até logo.

Em “Guardiões da Galáxia Vol.2”, Baby Groot roubou a cena em trailers e cartazes, seja por sua fofura ou travessura, mas nem sempre foi assim com o Groot original. O diretor James Gunn, revelou para o ComicBook, que teve momentos em que eles esqueciam do personagem em cena:

“Muitas vezes no primeiro filme nós pensamos ‘estamos realmente colocando o Groot no filme?’. Porque o Sean Gunn que fez o Rocket dentro do estúdio, sempre estava muito presente o que nos deu a consciência de que o Rocket era realmente um personagem. […] O garoto que fez o Groot no estúdio sempre estava muito longe no último filme, que às vezes a gente esquecia que ele estava na cena. Ele não falava muito, então quando vimos todas as cenas do Groot pra mim era como se ele falasse ‘Porque você esqueceu de mim?’. Isso foi como realmente nos sentimos nas filmagens do primeiro filme”.

O diretor completa que nesta sequência o Baby Groot está melhor escrito, não será somente um alívio cômico, ele estará mais completo comparado ao primeiro trabalho.

“Mas agora todo mundo conhece o Groot tão bem, temos uma consciência bem maior, tanto eu quanto o elenco, que ele compõe as cenas. E ele se tornando um dos membros da cena…Eu acho que é um personagem mais bem escrito que o Groot original. Não que ele fosse mal escrito, mas agora temos um personagem mais completo”.

via

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, trabalha com redes sociais e produz conteúdo para web desde 2012. Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ''Coluna Clichê'' sobre os filmes que assiste no cinema e na TV.

  • Image