A arte da conquista

The-Art-of-Getting-by-UK-Poster

 

George (Fredde Highmore, de ”Bates Motel”) é um jovem solitário e depressivo, que não vê sentido na vida e na escola.  Ele sente desprezo pelo mundo, não faz seus deveres de casa, está prestes a ser reprovado e não tem um bom relacionamento com a mãe. Em suma, George é um jovem muito triste.  Sua única diversão é desenhar, mas isso não o está ajudando no momento.

Um dia, na escola, George conhece a bonitinha Sally (Emma Roberts), uma menina que muda o rumo de sua vida. Sally tem vários amigos, gosta de questionar George  e faz com que ele sinta e pense coisas que nunca antes lhe ocorreram. A menina se sente atraída por ele, e ele por ela, porém, surge na trama o pintor Dustin (Michael Angarano), que deveria ser um tipo de tutor para George, mas acaba trazendo ainda mais problemas para a vida do jovem.

Com um roteiro bacana e um casal de atores lindos e talentosos, ”A arte da conquista” não é o típico filme clichê-adolescente. Freddie, que desde pequeno já havia mostrado talento (lembra dele em ”A Fantástica Fábrica de Chocolates”, com Johnny Depp?) convence como o chatinho George, um menino completamente diferente dos outros de sua idade. ”The art of getting by” (no original) é um filme para refletir, sorrir e se emocionar.

 

Cotação: Bom

Leia Mais
Ingresso para o Paraíso