CCXP 2018: confira os melhores momentos

Tom Holland e Jake Gyllenhaal 

Tom Holland participa da CCXP, em São Paulo, no sábado (8) — Foto: CCXP/I Hate Flash

Tom Holland e Jake Gyllenhaal chegaram de surpresa no painel da Sony na Comic Con Experience 2018. No palco, os dois falaram sobre um trailer inédito de “Homem-Aranha: Longe de casa” exibido exclusivamente no evento.

“Na minha opinião este filme é muito melhor do que o primeiro”, afirmou Holland. “A relação especial desse filme é entre o Homem-Aranha e Mistério, que se unem para lutar contra esses vilões elementais”, conta ele.

Considerando que o personagem de Gyllenhaal é um vilão nos quadrinhos, ele provavelmente apenas finge ser um herói no filme. No trailer, ele aparece no final, lutando contra um gigante de água.

A Sony também aproveitou para exibir no evento o primeiro trailer de “MIB: Internacional”, com a presença de Tessa Thompson, que interpreta uma das protagonistas do recomeço da franquia.
O vídeo também é exclusivo do evento por enquanto.

_

‘Capitã Marvel’ e Brie Larson 

Brie Larson, que interpreta a Capitã Marvel, participa do terceiro dia da CCXP em São Paulo, no sábado (8) — Foto: Suamy Beydoun/Agif/Estadão Conteúdo

“Carol Danvers é o personagem mais forte do universo da Marvel. E o mais legal é que ela já era durona antes de ganhar seus poderes”, contou a atriz. “Ela realmente gosta do que faz. Ela não é um personagem pesado e amargurado. As lutas são como uma brincadeira para ela.”

Para ilustrar isso, a atriz mostrou uma longa cena em que a heroína aparece lutando contra diversos skrulls, uma raça alienígena que consegue mudar sua aparência. Na sequência em uma nave no espaço, a Capitã abusa de toda a sua habilidade de combate, além dos raios de energia que solta pelas mãos.

“Eu não podia acreditar no quão poderosa ela é. Fiquei tão acostumada, ao gravar as cenas em que tudo saía voando por causa de cabos e efeitos visuais, que acabei esquecendo que não podia fazer aquilo na vida real”, disse, rindo, a ganhadora do Oscar por “O quarto de Jack” (2015).

_

The Umbrella Academy

Resultado de imagem para umbrella academy ccxp

A nova série da Netflix mostra uma família formada por seis crianças com talentos especiais, que se tornam os integrantes do The umbrella academy. A série tem Ellen Page, Tom Hopper, David Castañeda e Emmy Raver. ASSISTA AO TRAILER AQUI
“Acho que acima de tudo é sobre essa família conturbada e a questão do super-heróis é a cereja do bolo”, defende Emmy. “É incrível, é um gibi que adoro fazer. É muito energético, caótico e bizarro. É uma história que trata de uma família. Eu não poderia estar mais feliz”, conta. Ellen Page chegou de surpresa no evento e fez a alegria dos fãs. O seriado estreia na Netflix em fevereiro.
Gerard Way afirmou que tem uma pegada mais violenta com muita cenas de luta. “Fizemos híbridos de lutas de artes marciais”. Castañeda até conta que quebrou o nariz em uma das cenas. “Minha maior lembrança foi quando quebrei o nariz. Brincadeira, foi trabalharmos todos juntos”, completa.
_
Tom Welling, de ‘Smallville’
Imagem relacionada

O ator, que ficou famoso pela série, também esteve no evento durante um painel que celebrava Superman – ninguém poderia deixar de citar Christopher Reeve, não é mesmo? Welling contou bons momentos que passou com o saudoso ator, durante suas participações em Smallville.
“Era algo surreal. Ele só deveria ficar no set por três horas, por ordens médicas, mas ficava por sete, observando tudo. Contava histórias engraçadas das gravações do filme dos anos 70, como o voo era muito experimental e ele vivia caindo. E uma vez falou que ficou feliz de me ver assumindo o papel de Clark.”

Por fim, surgiu um espacinho para falar do mais recente projeto de Tom Welling: Lucifer — que foi resgatada pela Netflix após apelos de fãs (muitos, inclusive, estavam no painel em questão). Mas não é que ele fez mistério sobre o que vem por aí? “Qualquer coisa pode acontecer nessa série! O protagonista é o Diabo!”

_

‘Game of Thrones’Resultado de imagem para maisie williams ccxp

Maisie Williams, a Arya, passou pelo evento ao lado do colega John Bradley-West, o Samwell Tarly, e com os criadores da série, D.B. Weiss e David Benioff, para falar sobre a importância de Game of Thrones e sobre a expectativa para a temporada final. “Sabia que a hora estava chegando, mas não me toquei por muito tempo. É um sentimento difícil de explicar.” 

Ela também aproveitou para elogiar os fãs: “A CCXP no Brasil é melhor que a de San Diego porque as pessoas aqui são maravilhosas!”. A atriz encantou todo mundo ao saldar o público em português.

Os 10 anos de Williams na série se completam em abril, quando a série retorna, para seus últimos seis episódios, na HBO. Para ela, o fim de Game of Thrones é um marco pessoal da sua vida e seu crescimento. Hoje com 21 anos, ela começou a filmar a série aos 12. “Não é sempre que você consegue viver um personagem por tanto tempo. No meu caso, foram anos muito importantes da minha vida. Fui de criança para uma adulta.”

No mesmo período, na série, sua personagem foi forçada a amadurecer. Perdeu os pais, irmãos, sua casa e virou guerreira – tudo isso durante a transição de garota para mulher. “Fui capaz de levar a personagem por mudanças e aprendizados da minha própria vida, e vice-versa.” O crescimento, claro, foi registrado pelas câmeras. “A série capturou uma parte crucial da minha vida.”

_
”Caixa de Pássaros”
Resultado de imagem para bird box netflix
A Netflix realizou a primeira exibição mundial de ”Caixa de Pássaros” durante o painel que aconteceu no último dia do evento. O painel contou com a presença de Sandra Bullock, Trevante Rhodes e o produtor Dylan Clark.
Questionado sobre a venda que usa durante grande parte do filme, Sandra revelou que, de fato, não estava enxergando ao fazer as cenas.“Quando eu fazia as cenas com as criança, eu deixava um espacinho para ver o que estava acontecendo, mas na maioria do tempo não conseguíamos ver nada mesmo. Não tem como mentir que você não está enxergando porque suas expressões e ações mudam completamente”, revelou a atriz.
Para encerrar o painel, o público de mais de 2 mil pessoas cantou parabéns para os filhos de Bullock, Louis e Lara, que fazem aniversário em breve e ficaram chateados de não poderem vir ao Brasil. 
“Eles estão muito chateados. Sou uma péssima mãe, mas eles têm aula”, brincou ela. 
_
Jessica Chastain, ”Fênix Negra” e cia.
Resultado de imagem para jessica chastain ccxp

Quem for acompanhar o próximo filme da saga X-MenFênix Negra, que estreia em junho do ano que vem, pode esperar ver algo um pouco diferente da maioria dos outros longas da franquia. Ao menos é isso o que prometeu o diretor, Simon Kinberg, durante painel na sexta feira.
Fênix Negra se aproxima de Logan“, afirmou. “Mas há um lado sobrenatural e cósmico. É como Logan misturado com uma produção sobre o espaço.”

Sophie Turner, a protagonista Jean Grey, também esteve na CCXP e se aprofundou nas questões existenciais que sua personagem enfrenta no longa – e de onde, provavelmente, veio a comparação de Kinberg com a despedida de Wolverine (Hugh Jackman) da franquia. “Ela se dá conta da dor que existe dentro dela”, contou a atriz também de Game of Thrones no painel. “O filme trata de abandono e procurar um lar em um mundo onde ela não se encaixa.”

O painel ainda adiantou uma sequência de cerca de quinze minutos do longa. Animadas e muito simpáticas, Sophie e Jessica até deitaram no chão da feira para ver as cenas!

No novo longa, os X-Men são enviados para o espaço para salvar a tripulação de uma nave espacial atingida por uma força cósmica — que, nos quadrinhos, é chamada de Fênix Negra. Na tentativa de salvar o capitão, que ficou para trás, Jean absorve toda a energia. Os mutantes pensam ter perdido a companheira, mas ela reaparece, viva e muito bem, por sinal.

_

”Stranger Things”

Aguardado pelos fãs, o painel de Stranger Things foi um dos mais animados. Ao som de aplausos e gritos Sadie Sink, Noah Schnapp e Caleb McLaughlin falaram sobre os bastidores da série. Última a entrar na “turma”, Sadie contou como foi recebida.

ASSISTA O TEASER DA 3ª TEMPORADA

“Eu estava animada e todo muito foi muito carinhosos, ficamos amigos muito rápido”.Noah, um dos atores mais amados da série, comentou sobre a tão falada cena do exorcismo, que foi votada como a favorita do público na internet. “Foi uma loucura! Era a última noite de filmagem da segunda temporada, era de madrugada, eu gritava muito e minha voz estava ficando rouca. Tem muito trabalho nessa cena e é um prazer trabalhar com Wynona, facilita trabalhar com grandes atores”, disse. 

O trio compartilhou com os fãs algumas curiosidades de bastidores da série, incluindo como é contracenar com o temido Demogorgon. “Os Irmãos Duffer tinham sons de monstro no set, então alguém gritava ”O monstro está lá, chore!”, lembrou Caleb.
Noah teve uma experiência diferente: “Eu achava que o Demogorgon era feito só de efeitos especiais, mas não, era um cara de fantasia. Fiquei… não decepcionado, mas não era o que eu esperava! Foi incrível ver a transformação na tela”.

_

Shyamalan e ”Vidro”

Resultado de imagem para vidro ccxp

O diretor M. Night Shyamalan não resistiu a fazer selfies com o público imenso no maior auditório da CCXP18. “Thank you guys. Vocês não sabem que alegria imensa. Anos atrás, quando fui fazer Corpo fechado, a Disney dizia que ninguém ia querer ver filmes baseados em comics. Vocês é que nos bancaram. Vocês mudaram a face do cinema.” 

Shyamalan já esteve outras vezes no Brasil. Na última, veio para divulgar Fragmentado. “Eu amo o Brasil. Hoje estou de ressaca, ontem (sexta-feira), tomei um monte de caipirinhas”, confessou. Além de ser uma metáfora muito forte do racismo, Corpo fechado – Unbreakable é considerado por muitos o primeiro filme dessa nova onda de super-heróis. 

No palco da CCXP18, Shyamalan fez a mágica – Fragmentado e agora Vidro são desdobramentos de Corpo fechado. “Quando escrevi e, depois, realizei Corpo fechado, dei-me conta de que tinha material para três filmes diferentes, e complementares.” Desde então, e já se passaram 18 anos, cada vez que o cineasta encontrava Bruce (Willis) e Sam (Jackson), eles perguntavam – “Motherfucker, quando vamos terminar nosso filme?”

Vidro estreia em janeiro nos cinemas dos EUA e do Brasil. Embora seja temporada de Oscar, é bom já ir reservando o título e a agenda, porque o material que Shyamalan mostrou na CCXP é fascinante. Promete um grande filme, mais um do diretor. David, Kevin e o Sr. Vidro vão parar numa instituição hospitalar? A esperança é o eterno duro de matar, o vigilante David.
Shyamalan adora os filmes de gênero, a construção de climas. Está entusiasmado com McAvoy. “Em ”Fragmentado” ele já deu uma das melhores interpretações daquele ano, mas agora é a interpretação de uma vida”, promete.

_
Shazam!

 

Zachary Levi, super animado, descreveu ”Shazam!” como ”aventura como uma mistura de Quero Ser Grande e Superman”. O astro da série ”Chuck” reconhece que o herói não é tão popular como outros personagens da DC. Mas garante que o público será capaz de se identificar com a versão adulta de Billy Batson (Asher Angel), que se transforma ao gritar a palavra Shazam!:

“Quem nunca sonhou em acordar e descobrir que tem poderes? Sinceramente, eu ainda estou esperando o dia que vou acordar e perceber que posso me teletransportar ou voar. E é diferente dos outros heróis. Fiquei tão animado com esse trabalho e nem preciso disfarçar. Posso ser entusiasmado, pois Billy é uma criança com poderes. Ele não lida seus problemas com pessimismo, está animado em salvar o mundo!”

Antes de revelar uma cena inédita, Levi praticamente se voluntariou ao ser questionado se seu personagem pode aparecer em outros filmes da DC: “Estou muito honrado em fazer parte disso. Adoraria estar na Liga da Justiça. Imagina o Shazam correndo com o Flash (Ezra Miller), olhando que nem bobo para o Superman (anteriormente vivido por Henry Cavill) e ficando encantado pela Mulher-Maravilha?”

_

”Godzilla 2”

Resultado de imagem para godzilla 2

O palco do auditório Cinemark sediou o painel da Warner Bros., que trouxe diversas novidades ao público. Entre elas estava o novo trailer de Godzilla 2: Rei dos Monstros. O vídeo mostra as diversas criaturas que Godzilla enfrenta, como Rei Ghidorah, Mothra e Rodan –o último parece usufruir da forma Fire Rodan, que possui poderes de fogo.

Diferente do primeiro trailer, o novo mostra os monstros com mais clareza. Tanto é que Godzilla e Ghidorah se enfrentam mais de uma vez. Pelo que é dito pelos personagens no vídeo, a humanidade aceitará se tornar “bicho de estimação” de Godzilla, para que ele salve o planeta da ameaça imposta pelas outras criaturas colossais. ASSISTA AQUI

Antes do trailer, o público pôde assistir a um curto vídeo gravado pela atriz Millie Bobby Brown, que atuará no filme. Ela promete muita emoção e ação no longa, que estreia nos cinemas brasileiros em 30 de maio de 2019.

_

Michael B. Jordan

Resultado de imagem para michael b jordan ccxp

O evento também contou com a presença dos astros de ”Creed 2” no painel da Warner Bros..
Conversando com o apresentador, Florian “Big Nasty” Munteanu, que dá vida a Viktor Drago, conta que “perdeu o controle” entrando no personagem, e isso resultou em socos de verdade contra Michael B. Jordan, que interpreta Adonis Creed.

Jordan disse que ficou orgulhoso de ver o ator alemão tão imerso no personagem logo no primeiro papel nos cinemas. Big Nasty, por sua vez, explicou que, por ser a primeira vez nas telonas, ele sentiu muita pressão, mas que a pressão aproveita o melhor do potencial dele.

Já a atriz Tessa Thompson, que interpreta Bianca, brincou que, embora socos de verdade tenham acontecido, os dois atores sempre se abraçavam e que Jordan e Munteanu se amam.

A artista também contou um caso engraçado, em que ela e Jordan gravaram a cena de sexo — que resultaria no bebê do casal no segundo filme — sem que estivesse no roteiro original. “Um dia ele me ligou e falou ‘vou te engravidar’ […] aí nós nos reunimos com nosso diretor e resolvemos gravá-la”, conta Thompson.

_

O que vem por aí…

Pierre Mantovani, CEO da Omelete Company, confirmou que a CCXP 2019 será realizada de 5 a 8 de dezembro, no São Paulo Expo:

“Além da geração de emprego, que é de grande importância para a nossa economia local, trazemos um outro número extremamente relevante, que é o de turistas. O impacto econômico que causamos é estimado em R$ 100 milhões. Para o próximo ano, já estamos trabalhando para ampliarmos ainda mais as entregas tanto para o público quanto para os nossos parceiros nesse evento épico. Todos podem se preparar”.

 

 

*com informações dos sites ”O Fuxico”, ”Observatório do Cinema”, ”G1” e ”Adoro Cinema”.

Leia Mais
Michael B. Jordan produzirá filme do Super Choque