George Lucas não está envolvido no próximo ”Indiana Jones”

Quando o produtor cinematográfico George Lucas vendeu sua empresa Lucasfilm para a Disney, em 2012, ele também se afastou da produção de uma das mais bem-sucedidas franquias do cinema, “Star Wars”. Agora, o cineasta de 72 anos, abandonou, por motivos ainda desconhecidos, a saga “Indiana Jones”, cujo quinto filme será lançado nem 2019. De acordo com o site Collider, o roteirista David Koepp, afirmou que o criador do personagem não está envolvido na produção do longa. “Eu não tenho tido contato com ele”, revelou.

A nova obra, dirigida por Steven Spielberg, ainda não tem uma sinopse oficial, e Koepp recusa-se a dar muitos detalhes, apesar de fazer brincadeiras com a possível morte do protagonista. As gravações devem começar no segundo semestre do próximo ano, mas não há nada definido por causa a agenda do disputado Spielberg. “Isso é complicado, mas para mim é OK e eu estarei pronto, mas minhas datas não são o problema. Eu penso em outubro e espero que começamos aí”, afirmou.

Ele também comentou o altamente criticado “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”, que estreou em 2008. “Foi uma decisão muito consciente, que ditou grande parte do que a história e o filme seriam”, disse o roteirista, ressaltando que o material foi explorado muito bem e a direção de Spielberg foi boa. Ele ainda explicou que o ano era 1957, por isso fazia sentido que a premissa tivesse como referência os filmes de ficção científica da década. O cineasta, porém, admitiu que a talvez não tenha sido a melhor escolha.

Leia Mais
Millie Bobby Brown diz que vai ‘desacelerar’ carreira após casamento