Junior relembra depressão após fim da dupla com Sandy

Durante coletiva de imprensa da nova série documental do Globoplay, ”Sandy e Junior: A História”, Junior Lima abriu seu coração e falou sobre sua luta contra a depressão.

O cantor contou que desde quando era adolescente, devido a sua exposição precoce na mídia (ele começou a carreira com apenas 6 anos), muitas vezes foi alvo de críticas e que não sabia lidar com essas situações. “Sempre recebi críticas, essas porradas que tomava ainda adolescente, como se fosse adulto e tivesse consistência para lidar com aquilo, mas não tinha”, contou.

O cantor ainda afirmou que tentava levar essas situações como um momento de incentivo para sua carreira. “Tive a sorte de assimilar essas coisas como desafio, gasolina para eu correr atrás, então acho que acabou me projetando, me empurrando. Era meio que: ‘Ah, é? Então, peraí!’. No trailer (da série), tem esse momento em que falo de raiva, e, de fato era. Tinha hora que eu estava ali gritando”, afirmou.

Após 17 anos ao lado de Sandy e o rompimento da dupla com a irmã em 2007, Junior entrou num quadro de depressão. O cantor também relembrou a época e como lidou com a doença.

“Isso me machucou muito, e por muito tempo, tanto que tive que me distanciar. Não tinha coragem nem estofo para lidar com esses assuntos. Aí veio um período de depressão, de pânico, uma série de coisas inevitáveis diante de tudo o que a gente viveu. Mas eu consegui superar. Tem um lado negativo, sim, como tudo na vida. Todo mundo vive isso”, disse.

via

Leia Mais
Disney+ pode chegar ao Brasil em novembro por R$ 28,99 ao mês