Festival do Rio mostra força do cinema nacional com 50 filmes na Première Brasil

Um dos grandes adereços do Festival de Cinema do Rio de Janeiro é a já tradicional Première Brasil, seção dedicada a exibir o melhor dos títulos nacionais da sétima arte. São mais de 50 filmes em categorias distintas. As obras irão concorrer ao Troféu Redentor, prêmio dedicado com exclusividade à produção brasileira da mostra.

Alguns dos filmes que serão exibidos no festival já são conhecidos do grande público – como “Pequeno Segredo”, representante do Brasil no Oscar, “Mulher do Pai”, longa vencedor do prêmio VFF Talent Highlight Pitch Award, e “Elis”, cinebiografia da cantora Elis Regina.

A polêmica de “Pequeno Segredo”

O filme que bateu “Aquarius” na corrida pela vaga de produção brasileira destacada para tentar emplacar no Oscar. Essa é a maneira pouco lisonjeira que o  filme de David David Schürmann ficou conhecido.

 

Até o anúncio oficial, “Pequeno Segredo” não estava nem perto dos holofotes do público. O filme é baseado em uma história real – que também rendeu um best-seller com o mesmo nome – que conta a trajetória de Kat que, após a perder seus pais, é adotada e vive inúmeras aventuras. A trama também inclui outros personagens e histórias paralelas, como Heloisa, mãe adotiva da garota, Jeanne e Barbara.
Todas as peças desse quebra-cabeça estão unidas por um “pequeno segredo”, que dá nome ao filme.

O destaque de “Mulher do Pai”

Da diretora Cristiane Oliveira, “Mulher do Pai” é uma das promessas do festival. Após ganhar o prêmio VFF Talent Highlight Pitch Award, em Berlim, o prêmio Santander Cultural para desenvolvimento e, ainda, foi o escolhido para o workshop Produire au Sud no Festival 3 Continentes, na França, o filme, que é uma coprodução entre o Brasil e o Uruguai, tornou-se um dos maiores destaques da mostra.

A história do filme gira ao redor da relação entre Ruben e sua filha, Nalu, de 16 anos. Após se dar conta de que sua filha era, agora, uma mulher, eles passam por um processo de aproximação, até o surgimento de uma terceira personagem – Rosario – uma uruguaia atraente que passa a ficar entre os dois.

Outros filmes exibidos são ”BR 716”, ”Divinas Divas”, ”Fala comigo”, ”Pitanga”, entre outros. Confira a lista completa dos filmes aqui.

 

via

Editora-chefe do site e bacharel em Estudos de Mídia pela UFF, produz conteúdo para web desde 2012. Curiosa e apaixonada por cinema, escreve aqui em sua ''Coluna Clichê'' sobre os filmes que assiste no cinema e na TV. Também colabora com o blog de design e inspirações CuteDrop.

  • Image
  • Image