foto: Tom Barreto

8 perguntas para… Isabella Scherer

Atriz e digital influencer, Isabella participou de ”Malhação: Viva a Diferença”, no ar em edição especial pela Globo. Ela interpreta Clara, uma estudante que passa por problemas de automutilação. O sucesso na trama a levou a viver a versão mais jovem de Grazi Massafera em ”Bom Sucesso”, também da Globo.
Além de atriz, Isabella é formada em moda e comanda a Loja Serê, sua marca autoral.

Confira


1. Isa, gostaria de saber como surgiu seu interesse pela atuação.
Sempre gostei muito de assistir filmes, mas era um mundo completamente distante para mim. Quando vim morar em São Paulo, vi que era uma realidade possível estudar e poder trabalhar com teatro. Então, com 15 anos comecei a estudar e ir atrás desse sonho.


2. Você fez muito sucesso em ”Malhação” e mostrou que é uma atriz intensa, já que sua personagem sofreu alguns dramas ao recorrer da trama. O que esse papel representou pra você? Como foi a recepção do público?
Foi uma grande oportunidade de poder mostrar o meu trabalho e foi um papel que me ensinou muito também! Aprendi e cresci junto com a Clara, sabe? Está sendo legal acompanhar novamente a exibição, percebi que na primeira vez, as pessoas tinham raiva da Clara, hoje em dia, por já saberem todos os distúrbios que ela possui, o público está mais empático com minha personagem.


3. Você tem muitos fãs na internet e é uma influenciadora que dita moda com seus looks. Como surgiu esse lado ”digital influencer”?
Comecei aos 15 anos a ter um blog de moda, o The Blonde Cherry, que foi parceiro da revista Capricho por muitos anos, então surgiu meio ao mesmo tempo com minha carreira artística. Uma coisa caminhou junto com a outra.

_
4. A marca Serê é a realização de um sonho antigo, não é? Ser empreendedora era um desejo? Conte um pouco sobre sua experiência nesse novo mercado.
Foi a realização de um sonho bem antigo. Desde que li o livro ”Girl Boss”, da Sophia Amoruso, fundadora de um dos primeiros grandes sites de e-commerce de moda, sempre soube que algum momento gostaria de fazer isso também. Ainda estou aprendendo a ser empreendedora, cada dia é uma descoberta nova, um aprendizado.

_
5. Como você está lidando com esse momento de isolamento social? Está conseguindo organizar uma rotina? Já teve algum momento em que você ”surtou”?
Estou tentando me exercitar, me alimentar melhor, estou tentando cuidar mais de mim de dentro para fora. Nunca tinha tido esse autocuidado comigo mesma. Está sendo uma forma legal de “driblar” o tédio e crescer com ele!

_
6. O que você acha que irá mudar depois da quarentena?
Não consigo nem imaginar, mas posso dizer que, com certeza, o mundo não será mais o mesmo.

_
7. Tem algum projeto de trabalho para o segundo semestre que poderia compartilhar com nossos leitores?
Estou com várias ideias novas para a Serê, mas por enquanto não posso divulgar ainda!

_
8. Pra fechar: quem inspira você enquanto artista? 
No momento, estou bastante inspirada com as obras da pintora sueca Hilma af Klint, pioneira do abstracionismo.

Siga a Isabella no Instagram

Leia Mais
5 perguntas para… Bruno Fagundes e Felipe Hintze