Patty Jenkins fala sobre liberdade criativa

Patty Jenkins, mais conhecida por dirigir “Mulher-Maravilha” e a sequência ainda inédita “Mulher-Maravilha 1984”, anteriormente quase dirigiu para a Marvel o filme “Thor: O Mundo Sombrio”, porém deixou o projeto por diferenças criativas. Em entrevista recente à revista Premiere, a cineasta falou sobre liberdade criativa, e como isso é tão importante para seu trabalho.

“Gosto muito das pessoas que trabalham lá, mas elas querem controle total sobre seus filmes. O diretor está sob controle. Sim, isso pode acontecer. Além disso, isso mostra imediatamente que um diretor não pode impor sua visão. Quando este for o caso, eu tenho a impressão de que essas pessoas estão fazendo um trabalho diferente do meu. Mas com ‘Mulher Maravilha 1984’, eu acho que fiz exatamente o que queria. E então, tudo o que um filme de super-herói precisa vem naturalmente para mim: eu amo filmar ótimas cenas de ação versus ótimos cenários. Eu realmente gosto disso”, afirmou Jenkins.

O caso de Jenkins parece ter sido diferente de outros diretores que se aventuraram a dirigir longas para a DC Comics, como David Ayer em “Esquadrão Suicida”, que sofreu com interferências do estúdio. Há também o caso de “Liga da Justiça”, que após a saída de Zack Snyder da direção, sofreu diversas mudanças na trama. Patty Jenkins aparenta ter tido liberdade criativa para dirigir “Mulher-Maravilha” e sua sequência, e na entrevista ainda comentou que foi lhe oferecido o cargo de direção em “Liga da Justiça”:

Patty Jenkins fala sobre recusar dirigir “Thor 2”: “Você não pode ...
Patty Jenkins

“Eu amo quadrinhos, mas vim trabalhar com super-heróis através de filmes. Existe em mim esse desejo de imitar e comparar os filmes que vi quando criança. Um certo espírito que reinava naqueles tempos. Isso é relevante quando eu filmo? Não sei. O ponto é que, ao contrário de outros diretores, eu realmente não me importo com universos compartilhados, continuidade e esse tipo de detalhe. Fui chamada para fazer um filme da ‘Liga da Justiça’ no passado e ele não se conecta a mim. Muitos personagens.”

Os fãs vão precisar esperar mais um pouco para ver “Mulher-Maravilha 1984” — a data de lançamento foi adiada para o dia 2 de outubro.

via

Leia Mais
Cameron Diaz fala sobre abandonar carreira em Hollywood: ‘Encontrei paz’