Phoebe Dynevor, de “Bridgerton” revela a cena picante mais difícil de gravar na série

Não é novidade para ninguém que Bridgerton, nova série da Netflix produzida por Shonda Rhimes, é um tremendo sucesso. A primeira temporada conta a história de uma família da elite londrina, dando destaque para a filha mais velha, Daphne Bridgerton, que se envolve com o famoso Duque de Hastings, Simon Basset.

Mesmo se você ainda não tiver assistido, já deve ter ouvido falar de algo sobre as (muitas) cenas quentes do show, que são protagonizadas principalmente por Simon e Daphne. Phoebe Dynevor, responsável por interpretar a Bridgerton mais velha, falou sobre o assunto em uma entrevista coma revista Glamour que a cena mais difícil de gravar foi a do terceiro episódio onde Regé-Jean Page incentiva sua personagem a se masturbar.

Essa foi a cena mais difícil de filmar. Isso quer dizer algo, porque houve muitas cenas difíceis de filmar. Eu ensaiava tanto com Regé que ambos sabíamos o que estávamos fazendo. Parecia muito prático. Mas, sozinha, é uma coisa diferente“, conta. “As instruções eram muito específicas: você precisa ter um orgasmo. É uma coisa difícil de ensaiar, o que quer dizer que você não ensaia. Você apenas faz“.

Ela ainda enfatizou que o que a ajudou a ficar mais tranquila, foi ter uma coreógrafa mulher para guiá-la durante a cena.
Phoebe revela:
Se não tivéssemos uma coordenadora de intimidade, seria o nosso diretor, que era homem, vindo até mim e me dizendo o que fazer. Isso teria sido estranho. Eu me senti tão seguro em saber que Lizzy estava lá, então se algo desse errado ou o diretor quisesse algo diferente, ele poderia falar com ela primeiro. Acho que teria sido uma experiência muito difícil se Lizzy não estivesse no set me protegendo e cuidando de mim. Ninguém quer que um homem diga como chegar ao orgasmo“.

via

Leia Mais
Daniel Craig receberá R$ 560 mi por sequências de ‘Entre Facas e Segredos’